Como lidar com as birras


Dar limites para as crianças de hoje é tarefa difícil, pois eles questionam, desafiam, enfrentam...

Mas é importante saber que as crianças comunicam as suas frustrações e angústias através do comportamento, que pode ser birrento ou agressivo. Portanto, se o seu filho(a) está apresentando agressividade, pare e observe como está o ambiente em casa. O casal anda brigando por algum motivo? Os pais estão sem paciência e gritam com as crianças?

Costumamos dizer que o comportamento da criança é um reflexo do ambiente familiar e, muitas vezes os pais não se dão conta disso.

O diálogo e a paciência são os melhores aliados na hora dos conflitos.

É natural que os pais fiquem com raiva e irritados nestes momentos, mas lembrem-se que os adultos precisam estar no controle da situação.

Algumas dicas que podem ajudar na hora das birras:

  1. Fale de forma calma e firme na altura do olhar da criança, explicando a situação;

  2. Caso ela não se acalme, tire-a do local para conversar em reservado;

  3. Contenha fisicamente, pegando no colo ou abraçando firme;

  4. Diga que ela precisa se acalmar para que possam conversar e resolver a situação;

  5. Quando ela estiver calma e sem chorar, estimule a conversa sobre o ocorrido, perguntando como está se sentindo e por que agiu de forma descontrolada.

Estimular a criança a pensar e expressar os seus sentimentos desde cedo é muito importante, pois assim ela se tornará um adolescente e adulto consciente de suas emoções e com isso seus relacionamentos tentem a ser mais saudáveis.

Precisando de orientação especializada, podemos ajudar.

Daniela Rodrigues Costa CRP 62393-8 Psicóloga e psicoterapeuta de crianças, adolescentes, adultos e casais.

#psicologia #birra #educação #DanielaRodriguesCosta #PsicologiadaVila