​Orientação Vocacional - A escolha da carreira não precisa ser um bicho papão!


​Como diminuir a insegurança na hora da escolha profissional? Existe um desespero no ar quando somos adolescentes e nos perguntam: E aí? Já escolheu o que você vai fazer no futuro? Já escolheu uma profissão? Essa pergunta pode causar alguns sentimentos positivos e outros nem tão positivos assim! Ficamos felizes quando notamos que nesta pergunta existe uma preocupação e interesse pelo nosso futuro, mas podemos nos sentir muito mal quando observamos uma “cobrança” embutida nesse interesse. Resultando em uma sensação de dúvida e ansiedade. É neste momento que muitos jovens/adolescentes questionam: Como fazer para diminuir essa insegurança que surge? Essa ansiedade? Essas dúvidas? Cada um vai lidar com este momento de uma forma e com seus recursos, mas a ansiedade e a dúvida são fatores comuns para a maioria das pessoas que vivem esta situação de escolha. Algumas sugestões para ajudar a lidar com este momento:

  1. Não se sinta um E.T - as oportunidades de escolha profissional são inúmeras e por isso temos tantas dúvidas neste momento, então não se sinta um extraterrestre, pois em muitos momentos da vida você teve dúvidas e agora não seria diferente.

  2. Invista no seu tempo e planeje sua busca – Sim! Para escolher uma profissão eu acredito que funcione de uma forma mais leve quando você estuda, analisa. Para isso você precisa se planejar e investir tempo nessa busca e escolha. Faça uma agenda! Não precisa ser um planejamento rígido, mas que seja um guia para você.

  3. Inicie sua escolha o quanto antes, mas não tenha pressa! – Sugiro que este processo de escolha profissional seja feito ainda no ensino fundamental. Também sei e reconheço que muitas vezes não temos esta orientação. Se você já está no primeiro ano do ensino médio ou no segundo ano, acredito que seja adequado iniciar esse processo agora. Mas não se precipite para definir uma escolha, pois dia após dia mudamos e, dia a dia no ensino médio você pode conhecer mais possibilidades. Caso você esteja no terceiro ano do ensino médio, faça seu planejamento de forma mais sistemática, se quer chegar nesse objetivo.

  4. Que seja leve! Convido você a aproveitar esse momento de escolha. Sinta como portas se abrindo para um belo futuro. Não tenha medo ou leve esse momento como um peso. O melhor está por vir!

  5. Esteja aberto para ouvir sobre as possibilidades – às vezes nos fechamos em determinados conhecimentos e não damos chance para o NOVO. E este é o momento de ouvir, ler, estudar sobre as várias possibilidades.

  6. Sem preconceitos! Cuidado com as opiniões alheias. Apesar de ficar disposto a ouvir e conhecer sobre as profissões, filtre as opiniões. Ao ouvir uma posição sobre uma profissão, pense que aquela pessoa tem uma vivência única e que você precisa colher mais informações. E quanto mais informações você tiver será melhor para este processo.

  7. Autoconhecimento. Apesar de não ser algo valorizado como deveria, o autoconhecimento é muito importante no momento de uma escolha. Pense nisso!

  8. Quais as atividades que mais gosta? Onde pode aplicá-las? O que mais te interessa? As matérias que gosta? – Essas perguntas podem te auxiliar no processo de autoconhecimento. Suas atividades, maneira de falar e de agir dizem muito sobre você!

Siga em frente! Conhecer-se e conhecer as oportunidades é o início do caminho. Elisabeth Lopes Psicóloga e Orientadora Vocacional

#ElisabethLopes #PsicologiadaVila #OrientaçãoVocacional #escolhadacarreira #profissão